Currículos

Se você estiver a procura do meu currículo, possuo aqui diversas versões e línguas, tanto para utilização própria, como para quem tiver interesse:

Português
English
Europass

Especialidades

No currículo, nem sempre temos espaço de nos abrirmos e expormos detalhes de nossas qualificações, sendo assim, gostaria de falar um pouco sobre mim mesmo aqui neste espaço.

Minha especialidade principal é base de dados e tudo que envolva linguagem SQL, como PL-SQL, T-SQL, tunning, profiler, etc.

Em progresso

Minha história

Caso você queira mais detalhes sobre mim e minha personalidade, fique a vontade para acompanhar um pouco dos meus causos abaixo.

Sou apaixonado por tecnologia desde muito criança. Lembro até hoje os primeiros contatos que tive com videogames e computadores (embora não reconheça uma cronologia entre essas lembranças). Lembro da primeira vez que vi um jogo de truco no Windows 3.11 na casa de um amigo, ou do Atari de um primo da minha mãe que eu só via quando fomos visitá-lo umas duas vezes. Por sorte eu tive acesso a computadores através desses amigos da escola, embora só tenha podido ter um já aos 18 anos. Já videogames eu consegui ter e mais tarde foram minha motivação para começar trabalhar cedo, tamanha era o meu amor por eles.

E esse amor seguiu assim também na minha vida adulta. Minha mãe me conseguiu um emprego numa loja de informática e eu pude aprender demais com meu colegas a arte da montagem, manutenção, formatações e detalhes do Windows. Embora eu não tenha feito uma faculdade relacionada a tecnologia, por diversos fatores (entre eles o financeiro) eu ainda sonhava em voltar a trabalhar e ter contato com tecnologia por toda minha carreira. Foi então que fui trabalhar em São Paulo na área de infraestrutura de uma grande empresa, logo passando a divisão de produtos e não saí mais da área de projetos.

Alguns relatos da minha história foram planejados para serem contados em formatos de posts, embora até hoje eu só tenha escrito um, que você pode conferir aqui.

O site

A ideia de ter um site pessoal é bem antiga na minha cabeça, mas comecei a botá-la em prática em meados de 2012. De lá pra cá eu já passei por várias versões, formatos e tecnologias. Migração de servidores, diferentes domínios e tudo que envolve manter um site, por menor e mais simples que ele seja. Das publicações em FTP até o Github Pages foram anos de aprendizado e cabeçadas, mas mais uma vez, após essa última mudança sendo feita em fevereiro de 2019, posso dizer que estou contente até a próxima ideia.

O site passou a contemplar um blog, após uma fase bem legal onde desenvolvi e gerenciei um blog com mais dois amigos de trabalho por um tempo. Era um blog sobre games, em tecnologia Wordpress e foi uma experiência muito proveitosa, mesmo com os números baixíssimos de acesso. Foi ali que comecei a aprender mais sobre a tecnologia Wordpress e então aluguei um servidor pra mim e comecei meu blog particular, depois que desistimos de continuar com o blog de games.

Porém eu comecei a me interessar por reduzir custos, já que eu pagava dois domínios diferentes e mais um caro* servidor americano pra hospedar o Wordress e mais sua base de dados. Foi então que comecei a pesquisar o Github Pages e as tecnologias de sites e blogs estáticos. Em um primeiro momento, fiquei encantado com o framework Hexo, mas ainda sentia que meu workflow ao publicar textos estava um pouco chato e foi então que me rendi ao framework mais famoso de todos nesse quesito, o Jekyll. Além de possuir um aprendizando muito rápido, a profusão de trabalhos prontos e livres para uso é gigantesca e foi assim que eu escolhi um tema (link no rodapé do site) e comecei a construir a versão 2019 do meu site integrado ao blog.

Outro requisito que eu tinha era tornar o site um PWA. Claro que isso é mais um treino ou uma prova de conceito pra mim, mas gosto de vê-lo como um aplicativo instalado no celular e, caso você goste de acompanhar o blog, pode fazê-lo desta forma, ao clicar em “Adicionar à tela inicial”.

Além do blog e desse longo relato auto-biográfico, o site também conta com todos meus contatos e redes sociais, além das versões atualizadas do meu curriculum em portugês e inglês, e é claro, de alguns detalhes do meu portfolio, que eu realmente o convido a conhecer.

Minhas paixões

Como já disse, computadores e videogames são, não apenas uma paixão, mas uma parte muito importante de minha vida e moldou toda ela. Tenho uma coleção respeitável de jogos até hoje e não acho que eu vá mudar de ideia tão cedo, apesar da falta de espaço e tempo que, como qualquer pessoa nos seus 30 e poucos, também enfrento. Se você quiser conhecer minha coleção de jogos, basta você clicar aqui.

Hoje tenho também meus “novos” amores. Além obviamente da minha família, principalmente meus sobrinhos maravilhosos, minha amada esposa e nossa cachorrinha são a alegria da minha existência.

image

Quem é Paulo Roberto Elias em resumo

Apaixonado por tudo que envolva tecnologia e games, adora escrever algumas coisas, mesmo que ninguém leia. Trabalha como analista de sistemas, casado e sempre pensando em aumentar a coleção de coisas nerds, livros, filmes, etc. Não terá tempo de jogar todos seus jogos nem se durar mais 128 anos